Fotos Jardim Canadá

Deslocamento das Máquinas de Marcenaria

Hoje, 28/03/2011, foi realizado o transporte das máquinas de marcenaria da casa do Mateus para o galpão do Hamilton (ambos colaboradores do projeto). Na última quarta-feira levamos os equipamentos de um galpão localizado no fundo da casa para a garagem, de forma a posicioná-los para facilitar o carregamento do caminhão na sexta seguinte. Como o caminhão não compareceu na data marcada, o trabalho foi adiado para hoje e, enfim, efetivado.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Global x Local

No dia 21/03/2011 houve participação especial da Professora Simone Tostes na aula de Design Sócio Ambiental. O tema tratado foi a globalização e seu efeito nas esferas locais. Foram mostradas análises de causa e efeito da globalização hegemônica, como a técnica que gera poder e desigualdade. Nesse contexto, inserem-se países periféricos, que são considerados reserva técnica para os países centrais.

Visita ao Jardim Canadá

No dia 3 de março de 2011, foi realizada a primeira visita de integrantes do MAR.CA no Jardim Canadá. Naquela ocasião foi possível perceber algumas das características mais evidenciadas do bairro.

Um dos aspectos observados é a diversidade ocupacional ali presente. Há galpões, comércio e residências dos mais variados padrões, todos localizados de forma aleatória.

Ficou nítido também o excesso de resíduos despejados em locais indevidos. Entre eles, a madeira destaca-se quanto à abundância, o que mostra, quantitativamente, o potencial de se trabalhar com sua reutilização.

 

Apresentação

MAR.CA (Marcenaria Canadá) é um grupo acadêmico da UFMG cujo objetivo é aliar extensão,pesquisa e ensino. Como a primeira atuação será capacitação em marcenaria ofertada no Jardim Canadá,  distrito de Nova Lima, decidiu-se criar uma nomenclatura relacionando o local e a atividade a ser desempenhada. Com isso, espera-se despertar o sentimento de identidade da população local em relação ao projeto.

Fatores urbanistícos foram levados em conta para a constatação da necessidade de intervenção no Jardim Canadá. O processo histórico que levou o distrito à diversidade social e funcional atual pode acarretar a expulsão das famílias com renda baixa, através da especulação imobiliária. A fim de tentar evitar esse problema, surgiu a idéia que será colocada em ação pelo projeto aqui descrito. A qualificação dos moradores em marcenaria é uma possibilidade de instrumentá-los para garantir a permanência deles no espaço em que se encontram, caso tenham essa vontade.

Antes de começar a parte prática do trabalho, será elaborado um diagnóstico detalhado da situação na qual se encontra o Jardim Canadá, focando a questão dos resíduos em madeira e, paralelamente, um estudo de quem serão os beneficiários. Para tanto, deverá haver participação popular e assessoria técnica dos membros da UFMG e voluntários engajados no processo. Além do diagnóstico, no primeiro semestre de 2011 será realizado o treinamento em marcenaria das pessoas envolvidadas com o MAR.CA. Concluída essa etapa, começa a oficina integrada de capacitação em marcenaria com envolvimento da população do bairro. Ela acontecerá no Centro de Arte e Tecnologia, Ja.Ca.

Deseja-se que com os conhecimentos a serem ofertados pela oficina de marcenaria, os moradores economicamente desfavorecidos possam gerar renda e, muito além disso, participar da melhoria na qualidade ambiental do bairro. Para tanto, é previsto pelo projeto que materiais descartados de maneira indevida, especialmente a madeira, sejam reaproveitados. Isso certamente reduziria o acúmulo de entulho no Jardim Canadá. Nesse ponto, verifica-se a importância da presença da universidade perante a comunidade. A capacitação técnica em marcenaria juntamente com a introdução de conceitos da arquitetura e do design torna viável a criação de objetos de valor utilizando-se madeira reaproveitada ou reciclada. Além disso, podem ser estudadas maneiras de aproveitar esse tipo de material na construção civil e na confecção de mobiliário urbano.

Neste Blog, serão publicadas as informações quanto ao andamento do projeto. Algumas atividades preliminares já ocorreram nas últimas semanas. Porém, na segunda-feira, dia 14 de março de 2011, o trabalho começou a ser realizado efetivamente. Portanto, em breve mais novidades estarão disponíveis aqui.